Workshop de Modelagem de Cultura - Treinamento - Gigante Consultoria

TREINAMENTOS

CATÁLOGO DE CURSOS

Workshop de Modelagem de Cultura

Introdução

A capacidade de mudar e se adaptar às novas condições do mercado é a principal habilidade a ser desenvolvida pelas empresas que pretendem continuar no mercado nos próximos anos. Contudo, mudar não é fácil. Há 20 anos, John Kotter escreveu na Harvard Business Review que 70% dos esforços de mudança não conseguem atingir as metas desejadas. Desde então, metodologias foram criadas, profissionais treinados, avançamos e profissionalizamos os processos de gestão de mudança a ainda temos problemas para fazer a mudança acontecer. Discutir estratégias e técnicas para transformar organizações é hoje, mais relevante do que nunca. 

Mas como mudar? Descrever novos processos e regras e publicar na intranet da empresa pode até atender a exigências de auditoria, mas com certeza não muda a forma como as pessoas trabalham de fato. Para que novas estratégias sejam implementadas, transformando o dia-a-dia da operação é necessário gerar um sentimento de urgência coletiva. A equipe responsável pela mudança precisa se conectar com os envolvidos e não lutar contra as resistências, mas entender seus motivos e aspirações e usá-las a favor da mudança corporativa. Ao mudar de perspectiva cria-se o potencial de mudar qualquer coisa.

Um workshop de modelagem de cultura é uma sessão de trabalho colaborativo com um grupo de funcionários da organização conduzida por um facilitador neutro para mapear a cultura corrente e as transformações necessárias a partir do ponto de vista dos próprios funcionários.

Objetivos

  • Promover a mudança organizacional a partir da mudança de comportamentos individuais e coletivos que fazem parte da cultura corporativa.
  • Fazer o mapeamento das culturas atual e desejada (AS-IS) e (TO-BE).

  • Obter um entendimento compartilhado sobre os problemas culturais da organização.

  • Criar uma lista de iniciativas que podem auxiliar na mudança da cultura da organização a partir da perspectiva dos participantes.

Roteiro passo a passo

  1. Quebrar o gelo estimulando colaboração e criatividade (História colaborativa);

  2. “Vender” o Norte definido pelas lideranças (Missão, Visão, Valores);

  3. Mapear os comportamentos corporativos atuais que desviam a organização deste Norte;

  4. Mapear os resultados colhidos com cada um destes comportamentos;

  5. Criar um mapa de cultura positiva invertendo os comportamentos e resultados negativos;

  6. Mapear os estimuladores e bloqueadores que possam induzir aos comportamentos positivos;

  7. Identificar iniciativas de transformação da cultura organizacional que possam ser avaliadas e priorizadas no planejamento estratégico.

  8. Envolver os participantes em compromissos de ganhos rápidos que possam já iniciar a mudança cultural, mesmo que em pequenas escalas.

Considerações de uso do Workshop de Modelagem de Cultura

É importante salientar que o workshop de Modelagem de Cultura não tem a capacidade, por si só, de transformar a cultura organizacional. Conforme as etapas do processo sejam executadas é natural que as expectativas dos colaboradores cresçam, atingindo o seu pico na consolidação das iniciativas propostas. Por essa razão recomendamos também que um plano de gerenciamento de expectativas seja previamente pensado.

A transformação organizacional poderá ser resultado da condução dessas iniciativas que deverão ser apoiadas e sustentadas pelas lideranças.Mais difícil do que mudar a cultura dos subordinados, é mudar a cultura de seus líderes.

Forças

  • Estimula o trabalho colaborativo.

  • Permite aos stakeholders expressarem seus problemas, necessidades e sugestões de soluções de perspectivas de diferentes áreas de trabalho.

  • A dinâmica ajuda a focar nas iniciativas de solução sistêmica e não somente nas reclamações sobre os problemas pontuais.

  • Participantes assumem compromissos que, mesmo pequenos, podem trazer grandes benefícios a cultura da organização.

  • Possibilita o mapeamento de personalidades influenciadoras.

Limitações

  • Se não for bem conduzido, o mapeamento da cultura negativa pode se transformar num “mar de lamentações” e o workshop pode não alcançar o resultado pretendido.

  • As iniciativas de mudança são identificadas apenas com base na percepção dos participantes do workshops. O resultado pode ser “enviesado”.

  • O workshop apenas inicia um processo de mudança. Iniciativas geradas ainda precisam ser avaliadas, priorizadas e transformadas em projetos. Se não houver continuidade, os participantes podem se sentir traídos.

Carga Horária

Cada sessão de workshop de modelagem de cultura é realizada em um único dia com 8 horas de duração.

Público Alvo

Organizações que buscam mudar sua cultura corporativa em direção a uma estratégia claramente definida. A definição da estratégia pelas lideranças deve preceder a realização deste workshop. 

CLIENTES
ACESSE A GIGANTE NAS REDES SOCIAS
11 9 9659 8948
11 9 9659 8550
GIGANTE CONSULTORIA 2014. Todos os direitos reservados.
GONC - Criação e Design de Sites Netwish - Desenvolvimento de Sites